Dentro Dela Tem

Dentro Dela Tem Follow

tento fazer retrato das minhas emoções e quando se esgotam, me aproprio das dos outros. tenho como costume o aumento, mas raramente invento.

http://dentrodelatem.blogspot.com/?m=1

202 Followers  250 Follow

Share Share Share

pedi para o seu pai me deixar te dar o banho da noite hoje. 
vim evitando pensar nas horas que ficaremos separadas a partir de amanhã, mas quando ele insistiu em te dar banho, meu coração ficou pequeno e eu expliquei que não teremos nosso banho da manhã. assim como não vou mais poder namorar o seu doce despertar. não vou rezar pra você tirar a soneca da manhã e eu conseguir fazer alguma coisa pra mim (unhas? lavar o cabelo? música?). não vou fazer você dormir no meu colo por volta das 11h, logo depois de mamar. não pilotarei as colheres do seu almoço e com certeza trocarei uma quantidade infinitamente menor de fraldas. .

houve um tempo que eu ansiava tanto por isso! até julgava quem largava tudo pra viver de trocar fralda suja dentro de casa. mas eu ainda não tinha descoberto o papel de mãe. ainda não tinha compreendido que cada dia é uma novidade e que além da rotina chata há o crescimento inabalável de um amor que não tem precedentes. sei que preciso resgatar esse pedaço da minha identidade, mas o medo de perder suas horas, seus avanços, suas conquistas... ah, como abala! .

sairei dessa porta amanhã retomando  um pedaço de mim que ficou guardado na gaveta, mas vestindo meu traje de mãe para quem quiser ver. pedindo pro tempo correr e eu pegar você. ver seu sorriso, sentir seu cheirinho, acalmar sua manha. meu Deus, como existi num mundo sem você?

saio às 7h. fico livre às 15h. e sei que se vou te ver às 16h, desde às 14h já começo a ser feliz. .
.

#maternidade #maternidadereal #colodemãe #mãedemenina #fimdalicençamaternidade #amordemãe
▪Minha filha
▪Minha família
▪Minha casa
▪A saúde daqueles que amo
▪A comida de todo dia 
E você? Pelo que consegue agradecer hoje? Divide aqui comigo! 👇

#positividade #vidafelizesaudavel #levezadaalma #frasesepensamentos #energiapositiva
E isso é tão bom! .
.
Ou não? 🤔😂
.
.
#frasesdeamor #declaraçãodeamor #mandaprocrush #apaixona #mensagemdeamor
Em 2018 eu tive a chance de ler dois livros de Chimamanda Ngozi Adichie, o que foi suficiente para entender que vou amar tudo o que esta mulher resolver escrever. Hibisco Roxo foi minha primeira experiência com a autora, mas Americanah é que ganhou meu coração.
.
📖 No livro, conhecemos a história de Ifemelu, uma menina nigeriana que cresce nos anos 90 em meio às mudanças políticas que afetavam a Nigéria. Ifemelu tem também uma importante relação com Obinze, um rapaz para quem ela dá seu coração. De alguma maneira, os Estados Unidos torna-se o lar de um desses personagens, o que vem a acarretar dificuldades nesse romance.

Porém, podemos afirmar com toda a certeza que o relacionamento entre Obinze e Ifemelu é apenas o pano de fundo para um livro que do começo ao fim se propõe à crítica social. Ifemelu é uma personagem tão real que por muitas vezes penso que deve ser inspirada na própria vida da autora. Desde o princípio, a narrativa nos faz pensar em feminismo e principalmente em preconceito, que se pra mim enquanto mulher branca, abriu os olhos e fez pensar em pequenas discriminações do cotidiano, para a mulher negra que o lê deve trazer reconhecimento e acolhimento. 
O livro venceu o National Book Critics Circle Award e foi eleito uma das melhores obras de 2013 pelo The New York Times Book Review. É um livro que ouso dizer ser necessário em um país que nega seu preconceito ao escondê-lo sob piadinhas de mau gosto e que me fez entender o racismo real, diário e doloroso que eu, enquanto mulher branca jamais havia entendido. Abriu meus horizontes de um jeito simples e permanente. Enquanto Ifemelu se descobre mulher negra, eu também descobri um pouquinho. 
E você? Já leu a autora? Qual foi sua experiência? .
#amantesdeliteratura #loucosporlivros #dicasdelivros #literacura #vidadeleitora #leiamulheres .
Foto: 📸 @delirium_nerd
ter um filho é personificar o tempo.
.
eu sempre disse que o tempo passava rápido, mas não fazia ideia do que dizia até a chegada da minha pequena. ela redimensionou tudo aquilo que eu conhecia - incluindo minhas próprias forças! - mas entre as mudanças mais drásticas, ficou minha relação com o tempo. .
de repente o relógio passa a ser contado pelas mamadas. as fraldas, vejam só, também são indícios dele. faz parte do tempo também os minutos da soneca que ela tira durante a tarde, os segundos que a mamadeira fica no micro-ondas, as horinhas curtas que eu tenho para arrumar a casa enquanto ela não acorda. é nele que penso enquanto dou uma escapadinha no shopping para fazer as compras de Natal, ou quando tento fazer caber em uma hora a depilação, a manicure e a pedicure, pois preciso voltar pra casa e estar com ela. não só preciso. quero.
.
mas o tempo mostra mesmo sua cara no rostinho dela. quando pego as fotos do seu nascimento e vejo quanto cresceu. quando ela pega com facilidade os brinquedos que ofereço e relembro a dificuldade que era acertar no começo. quando ela vira e desvira na cama com facilidade e eu me lembro de quando comemoramos pois a colocamos de bruços - e ela conseguiu erguer a cabecinha! o tempo se mostra em sua gargalhada, ao entender brincadeirinhas, nos gritinhos e tosses para chamar a atenção. o tempo está nela, em seus muitos centímetros e tantos quilos. o tempo está naqueles olhinhos, que abrem com um sorriso a cada manhã, ao me reconhecer e nos bracinhos que me procuram quando me vê.
.
caetano não podia descrever melhor: "és um senhor tão bonito
quanto a cara do meu filho
tempo, tempo, tempo, tempo
vou te fazer um pedido
tempo, tempo, tempo, tempo..."
.
.
#maternidadereal #textoparamamaes  #maesdeprimeiraviagem #maedemenina #maedemenino #amordemae
Inspiração noturna 🤫🤔 .
.
#dentrodelatem #positividade #pensamentododia #frasesepensamentos #frasedodia
Nas próximas postagens, falarei sobre livros por aqui, já que naquela votação, muitos se mostraram interessados. Amo literatura e sempre que puder falar dela, darei um jeitinho 😊. Assim, decidi elencar meus 5 favoritos de 2018 e hoje começo com a 5a posição. .
.
📖 - Menina Má já devia ganhar uma posição por aqui só por esta capa maravilhosa da Darkside Books. Além disso, suas edição está primorosa, o que sempre dá uma vontade maior de ler o livro. Se pegarmos a sinopse, nossa curiosidade já é aguçada com a pergunta inicial "Quando nasce a maldade?", mas é no decorrer do livro, na forma como a narrativa é construída que eu fui pega completamente.
.
.

A menina má é Rhoda Penmark, uma adorável menininha de 8 anos de idade. Com a premissa da capa e da sinopse, já fica claro que ela não é tão perfeita assim, então a curiosidade reside em entender o que ela vai fazer para dar título ao livro. O desenrolar da história é muito interessante, especialmente quando vamos descobrindo as coisas com a mãe de Rhoda, que é uma personagem essencial no livro, cuja evolução é muito coesa e precisa.
.
.

O livro nos faz pensar em psicopatia, sociopatia e também sobre como ele se dá - seria genético? seria uma falha no nosso sistema? tem como evitar? - e faz refletir verdadeiramente sobre o tema. .
.

Vale lembrar que o livro, lançado em 1954, fez um sucesso estrondoso e controverso, ganhando adaptação cinematográfica com direito a Oscar e tudo! É um livro que abriu portas para personagens como Chuck, Dexter e Annabelle existirem e que faz a gente ter um pouquinho de medo da humanidade - além de olhar ao redor com um pouco mais de cuidado rs.
.
.

E você? Já leu? Sente vontade? Conhece outra literatura do tipo para indicar? Conta pra mim por aqui nos comentários 👇

#literacura #resenhasliterarias #dicasdelivros #livroseleitura
#loucosporleitura (📸- @pausaparaumcafe)
Afinal de contas, não encontrar uma chave, esquecer de comprar um shampoo e ter que olhar para aquela pessoa específica pode nem ser um problema se você decidir assim 🤗

#leveza #goodvibes #textosautorais #quotes #feliz2019 #anonovo
eu entrei no mar só para agradecer.

sempre espalho aos sete ventos que não há lugar que eu me sinta mais perto de Deus que na praia. no mar, mais precisamente – talvez até por isso eu peça licença toda vez que entro. é fechar os olhos e sentir a força da vida batendo nas costas, a água gelada acordando a alma, ou quem sabe, a água quente dando colo ao coração. é um encontro com a paz, momentos em que eu esqueço de tudo completamente ou, pelo contrário, tomo consciência da vida inteiramente. não há nada que cole mais os meus pedaços quebrados que o sal do mar.

gosto de entrar sozinha. nada contra companhia, mas no primeiro momento mantenho a boca fechada para falar mais diretamente com Deus, com o céu, comigo mesma. é feito um ritual, deixo a onda levar tudo de ruim enquanto me traz tudo de bom. fecho os olhos e peço com fé: leva a tristeza, arrasta a angústia, me livra do medo. me traga sorrisos, me presenteie com a felicidade, me entrega confiança. feito mantra.

dessa vez não foi diferente. fechei os olhos e no primeiro mergulho senti o mar me fazendo carinho nos cabelos, ajeitando-os para trás, me benzendo. e então agradeci. a família, a casa, a comida, a alegria da minha filha, a saúde daqueles que amo, o emprego, os amigos que me são fiéis, o marido, o tempo aberto, a paz que eu sentia naquele momento. não sei porque pensei em Iemanjá. acho que minha prima havia comentado alguma coisa sobre ela ser feito Nossa Senhora, uma mãe para o mar. ah, Nossa Senhora, ah Iemanjá, a Senhora é mãe, sabe o que eu levo no peito né? não preciso pedir. mãe entende sem dizer.

dei tchau para o mar e lá estava ela, no chão, feito oferenda entregue aos meus pés. a concha mais bonita de todas. pura e branca por dentro, o degradê de tons de rosa por fora. delicada e dura. resistente. presente. meus desejos, um trato. nela tinha Iemanjá, Nossa Senhora e por que não, Deus? mãe escuta sem palavras e naquele momento eu fiz um trato. deixei meu coração no mar e trouxe a concha para casa. quando eu tiver pronta, destrocamos. enquanto isso cuido da concha como se ela fosse meu coração. delicado e resistente. como se fosse meu. 
#verão #textododia #2019 #mar #fé #oraçao #energiaboa
o que é Natal pra você? 
há quem aposte na união. outros em chateação. tanta gente responderia simplesmente "família". acho que eu mesma escolheria esta última. fa-mí-lia. com toda a união e chateação que ela pode vir a representar, já que nesse dia somos tantas vezes forçados a estar ao lado de quem nosso coração não necessariamente gosta. mas tá ali, junto. 
família, eu também compreendi com o tempo, nem sempre tem conexão com o sangue. muitas vezes criamos laços ao longo da vida com amigos que representam tão mais do que alguns primos e tios, quiçá até irmãos. a tal da família que a gente escolhe também merece uma ode num dia como este. 
não sei como você vai passar esse Natal. não se se você está com vontade de ver todo mundo ou com raiva por essa ter se tornado apenas mais uma data capitalista. não sei se você escolheu passar com a família querida ou se este ano não te sobraram muitas opções. se você joga no time do com ou sem uva passa e se você prefere a sobremesa ao jantar. mas queria te lembrar que essa data importa. importa lembrar que a gente tem saúde, que a gente tem problemas, mas também encontramos solução, que o amor persiste mesmo quando parece estar indo na contramão. importa estar ao lado de quem a gente gosta, ainda que em nossa frente tenhamos que aturar a presença daqueles que queríamos ver do lado de fora da porta. importa ter comida. ter casa. termos alguém ou alguéns, ou ainda, a nós mesmos. 
Natal pode ser família. pode ser gratidão. pode ser consciência. 
pode ser perdão.

feliz Natal! que você permita que a magia desse dia (sim, ela existe!) invada seu coração! .
.
🎄🎁 #natal #feliznatal #textosnatalinos #celebracao #pazinterior #textododia
vivo falando dos meus vizinhos porque são mesmo família invejável.

mesmo quando é domingo e eu preciso acordar cedo no dia seguinte e eles insistem em escutar músicas até depois da meia noite eu não consigo reclamar porque a seleção que eles deixam tocar é sempre primorosa. mas neste final de semana, nós do lado de cá não fizemos feio.

resolvemos lavar o carro. e lavar o carro é coisa de infância, de colocar qualquer roupa e se molhar toda, de sentir o cheiro de água de mangueira invadindo a rua pra lá do portão, de enfiar as mãos no balde e ficar cheia de sabão. lavar carro é parte da minha memória de menina, quando meu pai vinha com toda aquela técnica, o calor gostoso contrastando com a água gelada, o som do carro animando o serviço. e aí, depois de anos (apáticos) de lava rápido, eis que surge a primorosa ideia de lavar na mão mesmo, porque era domingo de sol, o carro estava sujo e não tinha nada mais importante pra fazer.

e lá fomos nós. eu ajudava minha mãe na cozinha, mas assim que a farofa tava pronta e o arroz quase no ponto ela me liberou e fui pro quintal animada. minha irmã já tinha o boné de guerra na cabeça, e sabão até na ponta da orelha e a única coisa que faltava era lavar a roda. tem coisa mais suja e gostosa? aí aqueles gritos básicos de "não deixa o cachorro escapar!", "fecha essa torneira, você está me molhando toda", "cuidado com o carro que vem vindo", "mas não tava aqui agora mesmo o balde com sabão?" começam a soar acompanhados de alguma gargalhada e daquela sensação boa que é como cócega no coração, que aos poucos invade a alma e diz pra sua consciência - sabe, é isso que importa.

e é isso que importa mesmo.

depois tomar um banho rápido e lavar o cabelo, sentar à mesa e contar um pouco da semana, como comercial de margarina. só que sem nenhuma na mesa.

#verão #instamemoria #textosefrases #lembrancas #dentrodelatem #precisavaescrever (19 julho 2011)
🧐
.
.
.
#pensamentododia #reflexao #dentrodelatem #pazinterior