Joana Silva🌸Terapias D'Alma

Joana Silva🌸Terapias D'Alma Follow

🌸Enfermeira e Terapeuta🦋
🧘Mente*Corpo*Alma🕉️
🌙Nature is my home🐾
✏️Learning, creating, growing, sharing💫
🍀Co-criadora @espiritualidadesemtretas

https://linktr.ee/terapiasdalma

1,211 Followers  693 Follow

Share Share Share

Aqui está mais um post com um tema pedido por vocês 🤗 Podem ler o post completo no blog (link na bio)
✨
Como sempre, estes posts são informativos, não substituindo a consulta de um profissional de saúde adequado. Todos nós nos sentimos ansiosos alguma vez na vida. Uma coisa é sentir ansiedade a curto prazo por alguma situação mais específica, outra, muito mais séria, é sentir ansiedade constante, o que pode mesmo ser incapacitante, fazendo com que deixemos até de “funcionar” na nossa rotina normal. Por isso, se estão nesta situação, procurem ajuda.
✨
Desequilíbrio Vata:
A ansiedade, frequentemente acompanhada por insónia e medo, é tipicamente Vata. Este dosha é constituído por éter e ar, e quando uma pessoa se sente mais ansiosa significa que tem excesso de Vata no sistema nervoso.
Podem ver as características de Vata no blog.
🌱
Dicas das Ayurveda
- Massagem Ayurvédica, com óleo aquecido adequado ao dosha
- Meditação; escolham aquela que vos faz sentir melhor
- Procurem manter horários mais ou menos fixos para as refeições, hora de dormir e de acordar
- Procurem um momento só vosso, e mimem-se. Pode ser com um passeio num jardim perto de casa, com uma auto-massagem, um banho relaxante...
- Prática regular de Yoga
- Exercícios de enraizamento, que são óptimos para equilibrar Vata
- Banho de gengibre e bicarbonato de sódio - no post do blog explico como
🌱
Alimentação
- Bebida vegetal de amêndoa: uma chávena desta bebida aquecida à qual pode ser adicionada uma pitada de gengibre, açafrão-das-índias e noz-moscada
- Escolham alimentos que se adequem a este Dosha. No post do blog encontram uma hiperligação para um artigo anterior com estas informações
✨
Acho que já têm aqui umas boas dicas para aqueles momentos de maior ansiedade. Espero que sejam úteis 😊
“Seja como as crianças, mantenha os olhos abertos, sem preconceitos escondidos atrás da vista. Se olhar com clareza, pequenas flores, ou pedaços de relva, ou borboletas, ou um pôr do Sol proporcionar-lhe-ão tanta felicidade quanto a que Gautama Buda encontrou na sua iluminação. Isto não depende das coisas, mas sim da sua abertura. O conhecimento fecha-o; transforma-se numa cerca, numa prisão. Mas a inocência abre todas as portas e todas as janelas. O sol entra e uma brisa fresca flui. De repente, o perfume das flores faz-lhe uma visita. E de vez em quando um pássaro virá cantar uma canção e entrar por outra janela. (...) Cada momento passa a ser de êxtase. As pequenas coisas, como beber uma chávena de chá, tornam-se orações tão poderosas que nenhuma outra oração se lhes pode comparar. Basta observar uma nuvem a mover-se livremente no céu, e da inocência surge uma sincronicidade. A nuvem deixa de estar ali como um objecto e você deixa de estar ali como sujeito. Algo se encontra e funde com a nuvem. Então começa a voar com a nuvem.” ~ OSHO 🦋
📸by @peterwyss
2018 foi um ano intenso, de profundas transformações. Dentro de mim fiz inúmeras viagens. Não começou como eu gostaria, tenho de vos dizer. Começou com choro, com dor, com frustração, com dúvidas que não podiam ser respondidas. Mas também começou com a decisão de que iria viver isso tudo, deixar-me embalar pelas lágrimas, por esses sentimentos e emoções que não parecem tão bonitos, e daí começar a renascer
🦋
Começou com uma Joana que eu não reconhecia. Uma Joana que precisava de colo e abraços, de acreditar que dias melhores viriam apesar de estar a ser difícil vislumbrá-los. Levei um abanão enorme da vida, que me arrancou do chão e levou pelos ares, fazendo-me aterrar com estrondo longe de mim própria. Mas não ia desistir de mim
🦋
A segunda metade do ano não foi propriamente mais fácil, mas já caminhei de outra forma, com mais coragem
🐺
Conheci pessoas lindas e com uma energia incrível, com quem a ligação foi inevitável. Revi pessoas antigas, mas que não abandonam nunca o meu coração e que fazem tanto sentido na minha vida. A essas, agradeço a paciência, e também por nunca deixarem de estar ao meu lado, nos melhores e nos piores momentos. Com as minhas relações aprendi sobre os outros, sobre o Mundo, a vida e sobre mim
🐺
Sou grata pelas aprendizagens, pelas bagagens libertei, pelos ciclos que encerrei, pela cura, pelos resgates que concretizei, pelos passos que fui dando em direcção à minha essência
🐺
Para 2019 desejo a todos um ano melhor. Que os desejos se concretizem e que tenhamos sempre força para enfrentar os obstáculos. Que sejamos cada vez mais fiéis a nós próprios, querendo falar a nossa verdade sem medos (ou mesmo que a voz nos trema). Que continuemos a aprender, a crescer. Que os encontros entre seres maravilhosos se mantenham, porque acredito que é assim que conseguiremos, de alguma forma, mudar o mundo
🐺
Obrigada a todos os que fazem parte da minha vida. Um brinde a todos nós e a um ano com muito Amor🥂🥳
.
📷by @vanessatgloria_sw
A Lua Nova dá-me para ser mais introspectiva, apetece-me estar mais comigo. A Lua Cheia transmite-me mais energia e vontade de estar em actividade. O mesmo se aplica nas diferentes estações do ano, e posso comparar o Inverno à lua nova e o Verão à lua cheia
🌕
A creatividade está sempre cá, dentro de mim, só que em cada fase é utilizada de maneira diferente
🌑
A compreensão dos ciclos da Natureza, nomeadamente dos ciclos da Lua, e da sua ligação connosco foi uma aprendizagem essencial; compreender e aceitar que, tal como na Natureza, também nós temos fases
🌕
Aprendi a dar-me tempo. Na vida, é tão essencial viver os momentos de maior expansão, como os de maior introspecção. Aprendi que ao respeitar esses momentos, ao respeitar os meus ciclos, deixo de me sentir frustrada quando a inspiração não surge, quando a energia se esgota rapidamente. Nessa fase, aproveito para descansar mais, recuperar as minhas energias, sabendo que é apenas uma fase, e que irá dar a volta. Quando me sinto com mais energia, aproveito, então, para fazer aquilo que não fiz antes
🌑
Miranda Gray, no livro Red Moon, escreveu: "You then learn to live within your cycle rather than fight it, 'fix' it, repress it or run from it". Cada fase oferece-nos diferentes possibilidades, e se aceitarmos o nosso ritmo tal como ele é conseguimos utilizar a nossa energia creativa sempre para nosso maior benefício
🌕
Honrar e respeitar os meus ciclos tornou-se essencial para o meu desenvolvimento pessoal e espiritual. Em diferentes fases sinto que a evolução se faz de forma diferente, tanto a nível de resultados, como a nível das minhas acções para esse crescimento. Aceito os meus ciclos como eles são, e isso contribui para o meu auto-conhecimento e desenvolvimento
🌑
E tu, honras os teus ciclos? Consegues interligar com os Ciclos da Natureza?
.
📸By me
Esta altura do ano deixa-me sempre mais melancólica. Dou por mim a pensar mais frequentemente em pessoas e acontecimentos passados que me encheram o coração. Apetece-me sair de casa e ir abraçar cada uma dessas pessoas num gesto de gratidão. Alguns dos meus amigos recebem mensagens ou telefonemas meus num tom mega lamechas, e mesmo que não recebam, se fazem parte da minha vida, acreditem que provavelmente que penso em vocês e fazem parte desta lista
💫
Nem sempre tive o hábito de expressar o que sinto. Sentia-me constrangida mesmo quando a vontade de o fazer era enorme. Foi preciso sofrer com algumas perdas e viver aquele sentimento de que algo ficou por dizer para eu começar a fazê-lo. É das piores coisas que já senti: querer abraçar mais uma vez alguém, dizer "gosto muito de ti" ou "és importante para mim" e não poder, não por distância, não porque não falamos há algum tempo, mas porque as pessoas já partiram na sua última viagem neste mundo. Já dei por mim de coração pesado e cheio de arrependimento ao dar conta disto porque perdi pessoas com quem tinha tanto que partilhar
💫
Este post é um post do meu coração para o vosso. Pode não ser fácil para todos expressar o que sentimos. Já estive desse lado. Mas quando têm essa vontade, percam os constrangimentos, e façam-no. Comecem com quem se sentem mais à vontade, com quem têm mais confiança. Pode ser pessoalmente, por mensagem, num telefonema, num e-mail... Pode ser com um pequeno gesto que mostre "lembrei-me de ti". Procurem como se sentem mais confortáveis ao fazê-lo, e vão quebrando as barreiras do desconforto, experimentando várias formas de falar mais ligados ao coração. Mais vale devagar do que nunca o fazer. Agradeçam a quem vos faz bem, mostrem que amam aqueles que são importantes para vocês
💫
Eu aproveito para agradecer a todos vocês, que lêem o que escrevo, que seguem as minhas partilhas e ajudam este meu cantinho a crescer e ser mais especial, com quem troco ideias e que me inspiram 💖 sem vocês este espaço não tinha tanto sentido 🙏🏻
Na meditação desta última Lua Cheia do ano, sugerida pela minha querida Patrícia @nemsemprezen, senti um enorme espírito de celebração e de união entre todos os participantes. Aquilo que experienciei deu-me inspiração para este post. Gratidão a todos os que se uniram a nós 🙏🏻 💫
.
São necessários mais momentos de celebração, de nós, da vida. Já pensaram no caminho que percorreram para chegar onde estão? Eu já passei por tanta coisa que me faz sentir no fundo de um buraco gigantesco, e às vezes dou por mim a pensar que nem sei onde fui arranjar forças para trepar e sair dele. Mas a verdade é que as tive, e acredito que tu que estás a ler também passaste por experiências assim
✨
Neste final de ano, algumas das minhas resoluções são: celebrar mais a vida, celebrar-me mais, honrar quem sou e o que já vivi
✨
Honro a pessoa que fui, que mesmo nas dificuldades não baixou os braços, mesmo nos momentos em que se sentia sozinha e perdida. Honro os meus ancestrais e aquilo que eles viveram para eu estar aqui hoje, e celebro a minha capacidade para quebrar os ciclos e curar a linhagem. Celebro as experiências que tive e me fizeram crescer. Celebro as aprendizagens, por mais difíceis que tenham sido, pois ajudaram-me a tornar-me na pessoa que sou. Honro e celebro o caminho que escolhi, que percorri, e que ainda irei percorrer. Celebro as pessoas que conheci, mesmo aquelas que estiveram presentes na minha vida apenas por curtos momentos. Honro a minha alma e a magia que existe em mim. Honro e celebro tudo isso e muito mais, e também a mim e a vida
✨
Neste final de ano, e sempre, honra-te e celebra-te 💫🤗
.
📸by @sergiofernandes82
"You know that crazy heart of yours? The one with lightning crackling and moonlight shining through it. The one you’ve been told not to trust because it often led you off the beaten path. The one so many have misunderstood your entire life. Trust it. Feed it. Grow it. It’s your greatest treasure and will point the way to your highest destiny. It is the voice of your soul" ✨ Jacob Nordby
O que acontece quando 5 almas curiosas se cruzam nas redes sociais ao acaso, começam a partilhar ideias, e entre elas surge uma relação de amizade como se já se conhecessem há anos? Só pode ser algo de bom, vos garanto! 😉

Espiritualidade Sem Tretas é um grupo que nasceu das nossas conversas com o objectivo de criar um espaço onde serão abordados vários temas que contribuem para a caminhada no mundo espiritual, e onde podem ser feitas partilhas e colocadas questões sem julgamentos.

Gostamos de partilhar ideias sobre os mais variados assuntos, sempre com boa vibe. Não vendemos a ideia de verdades absolutas, visto que cada ser humano é único e a sua experiência também é única. Partilhamos experiências e aprendizagens, e com isso vamos crescendo. Vamos gostar também de saber de vocês.

As outras 4 mulheres com quem partilho os bastidores na criação do Espitualidade sem Tretas depressa se tornaram muito especiais para mim 💖 Só tenho a agradecer ao Universo por nos termos cruzado; este grupo fantástico de mulheres de força foi das melhores coisas que este ano me trouxe 🙏🏻 Se ainda não as conhecem, vão conhecê-las 😉

No Facebook podem encontrar-nos num grupo fechado, que será um "safe space" para quem quiser aderir, e é onde se irá realizar a actividade principal do grupo.

No instagram, podem encontrar-nos em @espiritualidadesemtretas, onde também vamos fazer algumas partilhas.

Se sentirem, procurem-nos. Serão bem-vindos 🤗 💖 Acredito que o Espiritualidade Sem Tretas será o começo de algo mágico ✨🦋
.
.
#espiritualidadesemtretas #souljourney #espiritualidade #mindfulness #meditação #partilhas #tribo #triboespiritualidadesemtretas #goodvibesonly
Falamos hoje do Yule, celebrado a 21 de Dezembro no Hemisfério Norte. Dia do Solstício de Inverno, quando acontece a noite mais longa do ano. O que aqui está é apenas um pequeno resumo. Há muito mais a dizer sobre esta data e várias tradições que podem ser exploradas 😉
.
❄️
Celebrar o Solstício de Inverno é reafirmar a continuação dos ciclos da vida. O Yule é celebração do espírito da Terra, pedindo coragem para enfrentar o que surja na nossa vida até à Primavera. A família reúne-se, contam-se histórias, celebra-se a vida, a família e a união
❄️
Na Roda do Ano o Sabbat Yule é considerado o retorno da luz, o renascimento do Deus Sol, e é sinal que em breve o inverno terminará e a primavera se aproxima cada vez mais
❄️
As árvores cujas as folhas são utilizadas no Natal, sempre verdes, simbolizam a continuação da vida. O Pinheiro de Natal tem origem nas celebrações Pagãs de Yule: as famílias traziam uma árvore para dentro de casa para que os espíritos da Natureza tivessem um lugar confortável onde permanecer durante o Inverno
❄️
As cores tradicionais do Natal, verde e vermelho, também são de origem Pagã: este é um Sabbat cujas celebrações incluem o fogo (vermelho) e a Tora de Yule (verde). A Tora de Yule consistia numa tradição em que um pedaço de tronco era queimado e o outro pedaço era guardado até ao ano seguinte, sendo, então, também queimado no Yule, enquanto um novo era enfeitado e guardado. Assim a casa estava protegida durante todo o ano
❄️
Para o Yule: vinho condimentado com especiarias, sidra com canela, chá de hibisco e gengibre; para comer, nozes e frutas como maçãs, pêras, tortas e bolos feitos com sidra
❄️
Se quiserem podem partilhar o que sabem do Yule. Espero que gostem 😉
Blessed Yule ✨
No ano passado partilhei alguns posts sobre a estação que se está a aproximar, o Inverno, que é uma estação Kapha. Vou repartilhar no Stories hoje esses posts, e podem encontrá-los nos Destaques, em "Ayurveda". Para encontrarem no blog, pesquisem por "Inverno", que aparecem logo. Há 3 posts: um direccionado à alimentação Kapha, um direccionado ao estilo de vida, e outro com bebidas de inverno
❄️
Lembrem-se sempre que estes posts são informativos, não substituindo a consulta de um profissional de saúde
❄️
Como sempre, espero que gostem 😊☃️
Para hoje, uma meditação:

Quando utilizamos as plantas podemos beneficiar do seu poder. Há já alguns meses que conheço a Ari do @ariomshanti , e este exercício/meditação surgiu-me com um incenso de alecrim e alfazema daqueles que ela faz

O alecrim é conhecido por afastar as energias negativas, e a alfazema é excelente para acalmar e favorecer a limpeza espiritual

Como sempre nas meditações que sugiro, aquilo que aqui apresento foi sentido por mim e por isso faz sentido para mim... vocês podem sempre adaptar conforme fizer mais sentido para vocês... Sintam e deixem fluir

Quero começar a gravar áudios com as meditações, mas de momento não consigo obter áudios de qualidade, por isso deixo-vos por escrito. Podem gravar vocês e ouvem à medida que fazem a meditação, ou podem ler e integrar, fazendo a meditação depois

Se não tiverem um incenso da Ari podem usar o que tiverem

Aqui vai:
▫️Coloca-te numa posição confortável
▫️Fecha o olhos e faz 3 respirações profundas e depois respira normalmente
▫️Deixa-te estar um pouco assim, com a respiração. Se os pensamentos vierem, deixa-os ir e traz a atenção para a respiração
▫️Abre os olhos devagar e acende o incenso. Mantém-o na tua mão
▫️Vê o fumo que se forma a partir dele e que dança no ar, sente o seu aroma
▫️Aproveita isso durante o tempo que quiseres. Relaxa...
▫️Depois de o deixares arder por uns minutos, pousa-o e volta a fechar os olhos
▫️Visualiza o fumo a sair do incenso e a rodear-te lenta e gentilmente, até estares completamente coberto por ele. Sente o seu aroma também. Podes visualizar tal como ele é, ou então imaginar que o fumo é uma luz branca brilhante, ou até verde, a cor da cura
▫️Coloca nesse fumo a intenção de limpeza espiritual, de eliminação de energias negativas, de sensação de acalmia, de cura
▫️Deixa-te estar rodeado pelo fumo o tempo que for necessário. Respira devagar. Imagina o fumo do incenso a limpar e curar todo o teu corpo físico, e também os teus Chakras, o teu corpo etérico
▫️Fica assim o tempo que quiseres
▫️Quando quiseres terminar, faz três respirações profundas, abre os olhos e agradece
.
Liguem o som quando estiverem a ver o vídeo 😉 Espero que gostem 🙏🏻💜 gratidão
.
📹by me
Daquela janela que não posso revisitar,
Porque já não nos pertence,
Foram várias as noites
Em que as conversas não terminavam.
A partir de certa hora
Apenas a Lua nos fazia companhia...
As ruas,
Que momentos antes se enchiam de vida,
Já tinham caído no silêncio.
As nossas palavras ecoavam,
Abafadas apenas pelo som do vento.
O cheiro a incenso,
A iluminação das velas,
As sombras dançantes,
Enchem-me a memória
Como enchiam aquelas quatro paredes.

Conectados por laços tão fortes
Que ultrapassam o tempo,
A distância,
Os silêncios,
Os desaparecimentos e reaparecimentos do nada,
Sem julgamento,
Sem perguntas...
Só aquela sensação de que é bom
Estar perto outra vez,
E aquele sentimento de pertença
Que foi tão rápido a surgir em mim
Quando a vida me levou
Até vocês.

Agora, cada um tem a sua janela.
Há duas certezas que eu tenho:

Uma é que não mudava nada naqueles tempos...
As partilhas de riso
De choro
De frustração
De confusão
Mas também a evolução...
Os encontros do nosso lado luz
E as reuniões do nosso lado sombra.
Só podiam ser vocês
Os meus companheiros das guerras
Que eu travava na altura.
Brincávamos com os sentidos,
Fazíamos as mentes borbulhar,
E os corações, esses, muitas vezes
Eram apanhados do chão em pedaços
E colados
Com a maravilha da auto-descoberta.

Não, não mudaria nada.

A segunda coisa que eu tenho a certeza
É que a Lua,
Quando a olhamos no céu
Das nossas janelas
(agora diferentes),
Continua a ser a mesma para todos nós
E a escutar o que dizemos
🌓🐺🐾
.
📸By me