UNINEFRO

UNINEFRO Follow

CLÍNICAS DE DIÁLISE
// Matosinhos // Santo Tirso // Senhora da Hora // Guimarães

http://www.uninefro.com/

89 Followers  4 Follow

Share Share Share

Encontro Renal 2018
22 a 24  Março 2018
Centro de Congressos Vilamoura, Portugal+ informação: http://www.spnefro.pt || www.uninefro.com || #dialise #diálise #dialysis#dialysislife #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #medicina#treatment #rim #rins #doencarenal 
#doencarenalcronica
 #nefrologia#nephrology #lifestyle #estilodevida #healthy #healthyliving
#congress #congresso
FIGO Os figos podem ser consumidos em fresco ou secos. Os frescos são muito ricos em água (cerca de 80% do seu peso), fornecem 70 kcal por cada 100g e são uma fonte importante de algumas vitaminas (A, C e B6), carotenos, ácido fólico, fibras, potássio, ferro, cálcio e fósforo.

É um fruto doce, saboroso e com uma polpa consistente. Muito utilizado para a fabricação de doces e compotas. O figo em calda também é muito apreciado na culinária de diversos países.

É uma fruta muito energética, pois possui uma boa quantidade de açúcar. Ela é rica em fósforo, potássio e cálcio. Cada 100 gramas de figo possui, em média, 70 kcalorias. 
Composição nutricional (100 gr)Figo Fresco e	Figo Seco 
Energia (kcal)	70kcal	234kcal
Proteína (gr)0,9gr 2,3gr
Lípidos (gr)0,5gr	0,6gr
Hidratos de carbono (gr)	16,2gr	58,3(mg)
Potássio (mg)	168mg	944mg
Fósforo (mg)29mg 72mg
Sódio (mg)	3mg	62mg
Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge 
Por se tratar de uma fruta muito rica em potássio o doente com insuficiência renal deve ter muita a atenção quando o consome, não devendo abusar na quantidade. In portal da diálise || www.uninefro.com || #diálise #dialysis#dialysislife #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #medicina#treatment #rim #rins #doencarenal #doencarenalcronica #nefrologia#nephrology #lifestyle #estilodevida #healthy #healthyliving #healthyfood #figo #frutas #fruits
CANELA 
Para pessoas em Hemodiálise a canela é um bom aliado para tornar a alimentação mais saborosa e interessante, sem constituir risco nutricional, pois a quantidade habitualmente adicionada não é significativa.

Os compostos da canela têm capacidades antioxidantes, anti inflamatórias, anti-diabéticas, e melhorias do sistema imunitário

A canela é uma especiaria obtida da parte interna da casca do tronco da caneleira (Cinnamomum zeylanicum) que é uma pequena árvore com aproximadamente 10–15 m de altura, nativa do Sri Lanka.

É uma especiaria muito utilizada na culinária como condimento, aromatizante e na preparação de certos tipos de chocolate, licores, doçaria e pratos de carne, sob a forma de pau de canela ou triturada em pó. O sabor e aroma intensos vêm do aldeído cinâmico ou cinamaldeído.

A canela é conhecida desde da antiguidade e foi tão valorizada que era considerada um item a ser presenteado a monarcas e outros dignitários. No início do século XVI foi intensamente comercializada pelos comerciantes portugueses directamente de Ceilão (actual Sri Lanka, no sul da Ásia), chegando um quilograma a valer dez gramas de ouro!

A par das outras especiarias, é nutricionalmente interessante por 2 perspectivas, primeiro porque apresenta uma composição micronutricional rica em oligoelementos e outros compostos que têm vindo a ser alvo de interesse científico, e por outro, porque aumenta/melhora o sabor dos alimentos. Para as pessoas em hemodiálise, a canela é um bom aliado para tornar a alimentação mais saborosa e interessante, sem constituir risco nutricional, pois a quantidade habitualmente adicionada é muito pouco significativa. in portaldadiálise.com || www.uninefro.com || #diálise #dialysis#dialysislife #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #medicina#treatment #rim #rins #doencarenal #doencarenalcronica #nefrologia#nephrology #lifestyle #estilodevida #healthy #healthyliving #healthyfood #spices #especiarias #canela #cinnamon
SALADA DE MELANCIA E MOZARELA Tenha em atenção à quantidade para controlar a ingestão de líquidos e evitar que acumule muitos líquidos entre as diálises 
Os produtos lácteos, destacam-se pelo seu conteúdo rico em fósforo, deve consumir (1 produto lácteo / por dia). Receita: 100g de mini-bolas de mozarela

1 talhada de melancia (1/2 fatia de melancia de acordo com a quantidade d

1 colher de sobremesa de mel Sumo de ½ limão

1 colher de sobremesa de sementes de sêsamo

Folhas de manjericão q.b. 
Escorra as bolas de mozarela. Coloque numa taça. Com a ajuda de um boleador, faça bolas de melancia e junte à mozarela. À parte, misture o mel com o sumo de limão. Regue o preparado e deixe marinar alguns minutos. Transfira para o prato de servir e decore com as sementes de sésamo e as folhas de manjericão, a gosto. In portaldadialise.com. || www.uninefro.com || #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #água #treatment #rim #rins #doencarenal #doencarenalcronica #nefrologia#nephrology #melancia #healthyfood
Já disponível a Revista Portuguesa de Diabetes da responsabilidade da Sociedade Portuguesa de Diabetologia.
Consulte no site da spd.pt || www.uninefro.com || #diálise #dialysis#dialysislife #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #medicina#treatment #rim #rins #doencarenal #doencarenalcronica #nefrologia#nephrology #lifestyle #estilodevida #healthy #healthyliving
MEDICAMENTOS E CALOR
© Pixabay
Os medicamentos podem deteriorar-se ou diminuir a sua capacidade de adaptação ao calor. Saiba o que fazer.

A exposição de um ser humano a uma temperatura exterior elevada é susceptível de originar complicações devido a uma resposta insuficiente ou inadequada dos mecanismos de regulação de temperatura. No período de férias que se aproxima existem cuidados a ter na interacção entre os medicamentos e o calor.

Em certos casos, as pessoas em tratamento com medicamentos poderão ter comprometida a eficácia dessa regulação, diminuindo a capacidade de adaptação ao calor.

Por outro lado, a exposição dos medicamentos a temperaturas elevadas, por períodos de tempo prolongados, pode alterar as suas propriedades, pelo que alguns medicamentos requerem precauções de conservação. 
Os medicamentos podem interferir na reacção do organismo ao calor?
Alguns medicamentos aumentam a eliminação de água (por exemplo, os diuréticos), podendo aumentar a desidratação normal, decorrente do aumento da temperatura ambiente. Outros medicamentos impedem o normal funcionamento dos mecanismos de refrigeração do organismo.
Para que o organismo arrefeça, é necessário que o sistema nervoso central possa comandar a dilatação dos vasos sanguíneos superficiais, a fim de permitir uma melhor circulação do sangue, libertação de calor e transpiração.
Medicamentos que diminuam a tensão arterial ou alterem o estado de vigilância, podem também agravar os efeitos do calor. 
O que evitar em caso de ocorrência de uma onda de calor?
Nunca interromper o tratamento sem indicação médica. Tal pode acarretar complicações ligadas à interrupção do tratamento.
Não consumir bebidas alcoólicas, pois estas agravam a desidratação.
Não tomar qualquer medicamento, sem a orientação de um médico ou farmacêutico, mesmo aqueles que não são sujeitos a receita médica.
Artigo completo em portal da diálise. || www.uninefro.com ||#dialise #diálise #dialysis#dialysislife #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #medicina#treatment #rim #rins #doencarenal 
#doencarenalcronica
 #nefrologia#nephrology #lifestyle
1º Congresso Europeu Nefrologia
6-7 Outubro 2017
Viena, Austria
Info: https://nephro-update-europe.eu/ ||www.uninefro.com||#dialise #diálise #dialysis#dialysislife #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #medicina#treatment #rim #rins #doencarenal 
#doencarenalcronica
 #nefrologia#nephrology #lifestyle #estilodevida #healthy #healthyliving
#congress #congresso
Guimaraes, is one of the most important cities of the country. Its historic centre is Cultural Heritage thereby being one of the biggest tourist centres of the region. Designated ”birthplace of Portugal” because it was here that the foundation of the Portuguese nationality and identity. Guimarães has a large and rich architectural variety and is considered the 2nd city in the country with better conditions to live. || You already booked your holidays? + info: www.uninefro.com || ------ É uma das mais importantes cidades do País. O seu centro histórico é Património Cultural da Humanidade sendo desta forma um dos maiores centros turísticos da região. Designada ”cidade berço ”, pois foi aqui que se fundou a nacionalidade e identidade portuguesa. Guimarães apresenta uma grande e rica variedade arquitectónica e é considerada a 2ª cidade do País com melhores condições para viver.|| Já marcou as suas férias? + info:  www.uninefro.com || #dialise #dialysis #dialysislife #dialysisonholidays #kidney #kidneydisease #rim #rins #guimaraes #visitguimaraes #portugal #portugal2017 #porto #visitporto #diabetes #healthyliving #unesco #patrimonio #patrimoniocultural #architecture #arquitectura #heritage #holidays #holidays🌴 #holidayseason #patrimoniohistorico
SEDE - MEDIDAS PRÁTICAS PARA O SEU CONTROLO NO DOENTE EM HEMODIÁLISE
A sede é uma sensação difícil de descrever influenciada também por factores psicológicos e ambientais, tais como, a disponibilidade, o sabor, a temperatura, a palatabilidade da bebida e os hábitos e regras sociais. Assim sendo, deverão ser adoptadas as estratégias que são abordadas de seguida de forma a controlar a ingestão excessiva de bebidas.
Num indivíduo adulto, cerca de 70% do seu peso corporal é água, encontrando-se dois terços dentro das células (espaço intracelular) e o restante no espaço extracelular e plasma sanguíneo.
O excesso de sal ou de açúcar, bem como a diminuição do volume plasmático (hemorragia, vómitos, diarreia, hipersudorese intensa) conduzem à estimulação de várias zonas do nosso cérebro que nos levam à procura de água ou de alimentos ricos em água e que regulam a poupança (reabsorção) de fluídos e/ou sódio pelo rim saudável. Porém, este último mecanismo está abolido no rim não funcionante de um doente em diálise.
Não vamos contudo focar a nossa atenção neste aspecto da fisiologia da sede, mas sim nos problemas associados, á ingestão excessiva de sal, açúcares e por consequência também de líquidos.
Certamente que durante a progressão da sua insuficiência renal várias vezes lhe mencionaram que o consumo adequado de água era essencial para o normal funcionamento dos rins, ajudando-os a eliminar os resíduos e os nutrientes desnecessários através da urina. Porém, quando os rins deixam de funcionar isso não é possível.
Nas pessoas em programa regular de Hemodiálise, como os rins deixam de funcionar correctamente a quantidade de urina produzida é muito pouca ou nenhuma, pelo que quase tudo o que comem e bebem é acumulado até a diálise seguinte. Assim sendo, o controlo da ingestão de líquidos é fundamental para evitar ganhos de peso entre diálises superiores ao desejado (4% do seu Peso seco correspondente a um aumento de 2,8 kg numa pessoa de 70 kg). Mais informação em portaldadialise.com || www.uninefro.com || #diálise #dialysis#dialysislife #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #água #treatment #rim #rins #doencarenal #doencarenalcronica #nefrologia#nephrology #sede
Salada de Verão

Informação nutricional aproximada por pessoa:

Proteínas - 17g Gorduras - 2g H. Carbono - 5 g (não estão contabilizados os hidratos de carbono da massa do acompanhamento) Calorias - 106kcal

Ingredientes (4 Pessoas):
150 g Alface 130 g Tomate cereja 150 g Peito de frango já assado ou grelhado (sem pele) 70 g Queijo fresco 0% 1 Cebola pequena 10 Azeitonas desencaroçadas 1 iogurte natural magro 1 colher de sobremesa de ketchup

Modo de preparação
Lave a alface, o tomate e descasque a cebola.Corte a alface em farripas pequenas, o tomate em metades ou quartos, a cebola às rodelas finas, o queijo em fatias finas e o frango em bocados pequenos. Disponha todos os ingredientes numa saladeira e espalhe as azeitonas desencaroçadas. Tempere com iogurte misturado com o ketchup, tempere com um pouco de pimenta e sirva. Para completar o prato, sirva acompanhado com massa espiral cozida, que pode misturar com a salada.
Sugestão apresentada pela apdp.pt  Não deixe de seguir as indicações do seu médico/nutricionista. || www.uninefro.com || #dialise #diálise #dialysis#dialysislife #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #medicina#treatment #rim #rins #doencarenal 
#doencarenalcronica
 #nefrologia#nephrology #lifestyle #estilodevida #healthy #healthyliving #fruit#summerfood
Dois mil esperam em Portugal por um transplante renal. Artigo completo em:  http://www.dn.pt/sociedade/interior/dois-mil-esperam-em-portugal-por-um-transplante-renal-8651304.html || www.uninefro.com || #dialise #diálise #dialysis#dialysislife #diabetes #kidneys #kidney #kidneydisease #medicina#treatment #rim #rins #doencarenal 
#doencarenalcronica
 #nefrologia#nephrology #lifestyle #estilodevida #healthy #healthyliving #transplante #transplanterenal #transplantation